Voltar

Responsabilidade Social

Alternar
Responsabilidade Social
Resposta
17/09/13 11:38

Está aberta a discussão, via fórum virtual, sobre o tema "Responsabilidade Social".

Leia a PDI vigente, bem com os documentos com novos textos proposto pela COPERA-PDI para os temas e também as discussões realizadas durante o fórum presencial realizado no dia 07 de agosto. 

Participe com suas sugestões para que possamos construir juntos o futuro da nossa Universidade.

Utilize a opção "Responder" (acima) para deixar sua colaboração.

 


RE: Responsabilidade Social
Resposta
19/09/13 09:46 em resposta a Mauro Schramm.

Bom dia

1° A FURB, é óbvio, pratica e executa muito dos principios da responsabildiade social, porem não sistematiza, para isto é necessário:

a) Elaborar um Programa de Responsabilidade Social e Ambiental - PRSA, instituído pela Reitoria. Sem medo de errar, mais de 20% da receita corresponde a ações gratuitas para a comunidade. A comunidade precisa saber o que a FURB faz por ela.

b) Publicar o Balanço Social e Ambiental de acordo com os princípios da ISO 26.000. As principais referências são:

NBC T 15  – Informações de Natureza Social e Ambiental. Conselho Federal de Contabilidade.

ZANLUCA, Júlio César. Balanço Social. Obra eletrônica. Curitiba: Portal Tributário Editora, 2004.

ABNT NBR ISO 26000:2010 – Associação Brasileira de Normas Técnicas.

Obrigado

Abraço

Nazareno


RE: Responsabilidade Social
Resposta
19/09/13 11:09 em resposta a Mauro Schramm.

Bom dia

Gostaria de parabenizar o grupo pelo texto e pelas discussões. Pareceram muito ricas. 

Corroboro com o prof. Nazareno pois acredito que estamos atrasados em relação ao levantamento de informações e publicação acerca do Balanço Social.

Lembro que o PDI deve indicar as ações que faremos e não listar as que já fazemos. O 5o parágrafo do texto cita as políticas públicas na área educacional. Vejo poucas ações efetivas da Universidade naqueles elementos que dizem respeito a acesso e permanência dos estudantes e à inclusão nas dimensões citadas no texto (políticas étnico-raciais, pessoas com deficiência, necessidades educacionais especiais e vulnerabilidade social). A Universidade depende demasiadamente de recursos externos e de iniciativas individuais para manter algumas destas políticas e outras sequer discute. Sugiro que seja projetado, via PDI, um programa de acolhimento e acompanhamento dos estudantes ao longo de sua vida acadêmica, sobretudo nas fase iniciais. No âmbito deste programa obrigatoriamente deveriam ser inseridas ações de responsabilidade social, ambiental e de saúde.

Abs a todos

 


RE: Responsabilidade Social
Resposta
25/09/13 17:36 em resposta a Nazareno Loffi Schmoeller.

Olá, Nazareno e Maurício,

Que tal colocarmos esses projetos no Planejamento, com metas e cronograma a ser cumprido?

Um abraço!


RE: Responsabilidade Social
Resposta
25/09/13 22:43 em resposta a Flávia Keller Alves.

Boa noite!

Nos últimos dias passamos por mais uma enchente em nossa cidade e nas regiões circunvizinhas. 

Acredito que valha a pena salientar o trabalho realmente social que a FURB faz através do CEOPS, através da prevenção e acompanhamento das enchentes em toda a nossa região.

Sem dúvidas, este trabalho ajudou muita gente e continuará ajudando.

Abraço!

 

 


RE: Responsabilidade Social
Resposta
16/12/13 12:24 em resposta a Mauro Schramm.

A universidade é o centro do livre pensamento, e a sua influência na sociedade é determinante. Como promotora de investigação e solução de problemas, a função social da universidade tem impacto relevante, o conhecimento gerado no interior da academia pode e deve ser voltado à solução dos problemas da sociedade em que está inserida. Indo na contramão do que propõe a OMC e o Banco Mundial, o ensino superior público (embora este não seja no caso da FURB na sua totalidade, porém seu caráter comunitário a diferencia das instituições privadas) deve se distanciar das tendências mercadológicas.

Os três pilares da universidade: ensino, pesquisa e extensão, por si só, não cumprirão seu papel social se, ao formar um profissional, ao trazer a luz um novo saber, e ao prestar seus serviços, não impactar de forma significativa o seu entorno. As deseconomias promovidas pelo capital, a saber, a degradação sócio-ambiental das sociedades, deve ser contrabalanceada por soluções oriundas do centro de saber especializado que se configura a universidade.

Por isso, um projeto institucional para a nossa universidade deve dar peso significante para a responsabilidade social, de um lado, para que possamos nos reafirmar como instituição de ensino superior de referência na região, e por outro, para cumprir seu papel como promotora do bem estar geral do ambiente em que se reproduz.


RE: Responsabilidade Social
Resposta
17/12/13 10:44 em resposta a Mauro Schramm.

Outro ponto importante na questão da responsabilidade social é o fortalecimento da democracia externa, a universidade deve ser permeável as demandas da comunidade.

A universidade, através do CONSUNI, permite uma representatividade externa significativa admitindo na sua composição membros do poder municipal, trabalhadores e empresários. No entanto, o CEPE, incumbido da formulação das políticas de ensino, pesquisa e extensão, que impactam diretamente a sociedade, não ouve a sua voz, e é justamente nesta seara que a comunidade externa mais precisa se envolver para lograr solução eficazes aos seus problemas.

A justificativa para tal cerceamento seria a falta de competência científica deste segmento social. Para superar esta deficiência aparente, baseemos esta proposição de participação popular nas definições de pluriversidade e ecologia de saberes, extraídas do pensamento de Boaventura de Sousa Santos. Busquemos que o popular, munido da sua sabedoria natural e organizados em associações diversas e livres, se una ao grupo filomático da academia, para que, da soma das duas dimensões epistemológicas, possamos extrair um produto moldado as carências da sociedade.

A autonomia universitária e a liberdade de pensamento, valores caracterizadores da universidade, acabaram por sedimentar o distanciamento entre a produção de conhecimento acadêmico e as demandas sociais. Porém, esta autonomia e liberdade não serão, necessariamente, comprometidas com a maior penetração dos interesses gerais da sociedade na definição dos fins da produção científica, desde que o rigor do método científico e a busca pela verdade, valores estes, constituintes daqueles primeiros, sejam preservados.


RE: Responsabilidade Social
Resposta
19/12/13 09:24 em resposta a Mauro Schramm.

Bom dia.

O documento base deste fórum faz menção à lei nº 10.861/2004[1], que institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES, ao citar a contribuição da IES em relação à inclusão social, entre outros aspectos importantes. Foco minha contribuição no apoio aos alunos Furb que necessitam amparo financeiro e social:

  1. Criação do RESTAURANTE UNIVERSITÁRIO (RU) da Furb, que ofereceria à comunidade universitária refeições balanceadas a um custo baixo, algo apropriado aos estudantes. – O serviço atual da cantina continuamente tem sido considerado como de qualidade insuficiente nas avaliações institucionais.
  2. Estabelecimento de uma BOLSA ALIMENTAÇÃO direcionada aos alunos de graduação em situação de vulnerabilidade social, inclusive alunos estrangeiros na mesma condição. – Essa bolsa seria usada no Restaurante Universitário da Furb e propiciaria gratuidade aos alunos contemplados.
  3. Criação de um PROGRAMA DE PREVENÇÃO E APOIO AO TRATAMENTO DE DEPENDENTES QUÍMICOS DE SUBSTÂNCIAS QUE PREJUDICAM A SAÚDE (VÍCIO), COMO O TABACO, ÁLCOOL E DROGAS ILEGAIS. – esta ação teria como objetivo desenvolver ações de caráter social, preventivo e de apoio ao tratamento de dependentes, com o objetivo de promover a reintegração do assistido às suas atividades acadêmicas, ao trabalho, a família e à sociedade.

Essas 3 sugestões encontram amparo na norma ABNT NBR ISO 26000:2010[2], citada pelo Prof. Nazareno, inclusive, e que menciona entre os sete temas centrais das Diretrizes Responsabilidade Social o tópico “Direitos Humanos”, que abrange os grupos em situação de vulnerabilidade.

Um abraço, Júlio.

____

[1] Lei nº 10.861/2004 (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - SINAES) disponível em www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/l10.861.htm

[2] Direitos humanos: Inclui due dilligence, situações de risco para os DH, como evitar cumplicidade, resolução de queixas, discriminação e grupos vulneráveis, direito civis e políticos, direitos econômicos, sociais e culturais; princípios e direitos fundamentais do trabalho [grifo nosso]. Fonte: www.inmetro.gov.br/qualidade/responsabilidade_social/pontos-iso.asp.


Para participar do Fórum Virtual:

1º) Fazer o Login utilizando seu email da FURB (Servidores: seuemail@furb.br / Alunos: seuemail@al.furb.br )

2º) Entrar no tópico desejado (acima) e clicar na opção Responder.